domingo, 15 de julho de 2012

Estadio do Corinthians Julho de 2012.Saiu o empréstimo de R$ 400 milhões .

Câmera Online

 Saiu o empréstimo de R$ 400 milhões   do BNDES  para o Estadio  do  Corinthians .
 O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou  a aprovação do empréstimo de R$ 400 milhões para a construção do Estadio  do  Corinthians ,   que está sendo erguido no bairro de Itaquera, na zona leste de São Paulo. O recurso faz parte da linha de crédito especial criada pela instituição para as arenas da Copa do Mundo de 2014 e cobre 46% do valor total da obra, estimado em R$ 820 milhões.


Todos os 12 estádios que estão sendo erguidos ou reformados para a Copa tinham direito à linha de crédito do BNDES, no valor máximo de R$ 400 milhões para cada. Antes do Estadio  do  Corinthians , o banco já tinha aprovado o empréstimo para Belo Horizonte (R$ 400 milhões), Cuiabá (R$ 393 milhões), Fortaleza (R$ 351,5 milhões), Manaus (R$ 400 milhões), Natal (R$ 396,5 milhões), Salvador (R$ 323,7 milhões), Recife (R$ 400 milhões) e Rio (R$ 400 milhões).



Além do dinheiro do BNDES, a prefeitura de São Paulo concedeu incentivos fiscais no valor de R$ 420 milhões para que o Corinthians e a construtora Odebrecht pudessem construir o estádio. E o governo estadual deve investir mais cerca de R$ 70 milhões em arquibancadas temporárias, para que o Estadio  do  Corinthians  tenha capacidade para 68 mil pessoas e possa receber a abertura da Copa - depois do Mundial, será reduzido para 48 mil lugares.



 E a previsão de entrega é em dezembro de 2013.





No prédio Oeste, o maior dos quatro que compõem a arena, os trabalhos de colocação das lajes e das vigas jacaré, sobre as quais serão assentados os degraus, estão em andamento. Esse edifício terá 11 pavimentos, abrigando em seu interior um conjunto de 59 concessões (para lojas, lanchonetes, restaurantes, auditório, etc.), bem como vestiários, estacionamentos subterrâneos, os principais setores VIPs e áreas para a imprensa. A equipe de engenharia da obra prevê que a colocação das mais de 17 mil peças pré-moldadas de concreto definidas no projeto seja concluída até o fim do ano, quando haverá uma concentração ainda maior nos serviços de acabamento. 


Localizada na zona leste da cidade de São Paulo, a Estadio  do  Corinthians , em construção pela Odebrecht Infraestrutura, atenderá a todos os padrões de qualidade e eficiência da FIFA e foi projetada para abrigar 48 mil torcedores. Mas, para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014, em particular o jogo de abertura do mundial, terá mais 20 mil assentos removíveis, ampliando-se assim sua capacidade para 68 mil lugares. Os assentos removíveis serão montados atrás das arquibancadas dos setores sul e norte (atrás de cada gol), formando anéis superiores temporários, a serem desmontados após a realização da Copa.



Daqui a dois anos, no dia 12 de junho de 2014, a Seleção Brasileira entrará no campo da Estadio  do  Corinthians  para a abertura da Copa do Mundo de Futebol.

A obra, que completou um ano no dia 30 de maio, avança em bom ritmo. A maior parte dos trabalhos de terraplanagem (85%) já foi executada, enquanto os serviços de fundação estão 100% concluídos há mais de um mês, tendo sido cravadas 3.960 estacas de concreto. A obra registra um avanço total de 38% de conclusão.

Um dos dois túneis que servirão de saídas de emergência nos dias de jogos e shows também já foi concluído. O outro está em fase final de acabamento, bem como a galeria subterrânea de serviço. Estão sendo executados diversos serviços no canteiro, como a construção de um muro de contenção entre o edifício oeste e um dos estacionamentos a céu aberto, a instalação de pilares, das vigas jacaré, das lajes e dos degraus (nas arquibancadas sul e leste). Simultaneamente, são realizados os serviços de drenagem, a preparação do terreno para o estacionamento a céu aberto no setor oeste e os primeiros trabalhos de acabamento no prédio leste.

Com 1.820 trabalhadores divididos em três turnos, a previsão de conclusão do empreendimento é dezembro de 2013. 




A Odebrecht Infraestrutura inicia a instalação das vigas jacaré do Prédio Oeste da Arena Corinthians. São peças com formato denteado, de 34 toneladas, que irão compor os apoios dos degraus das arquibancadas da futura Arena, que terá configuração retangular. 


No total serão instaladas 194 vigas jacaré que servirão de apoio ao prédio oeste do estádio, onde estarão localizadas a área VIP, lojas e camarotes da Arena. Estas vigas são fabricadas no próprio canteiro de obras, e a previsão é que a montagem das peças seja concluída até outubro deste ano.













O valor do financiamento corresponde a 46% do total do empreendimento, informou o banco.O estádio contará ainda com auditórios, restaurantes, bares temáticos e estacionamento, podendo ser utilizado para outros eventos além do futebol, informou o BNDES.


Agora, com a aprovação do crédito para o Estadio  do  Corinthians , o BNDES ainda estuda o empréstimo para dois estádios da Copa, os únicos que são particulares: a Arena da Baixada, em Curitiba, e o Beira-Rio, em Porto Alegre. Enquanto isso, o Estádio Nacional, em Brasília, não irá utilizar recursos do banco.


Nenhum comentário:

Postar um comentário