sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Estadio do Corinthians inspirado no Dallas Cowboys Stadium









Dallas Cowboys Stadium from Heartwood on Vimeo.




O Cowboys Stadium é o estádio do time de futebol americano Dallas Cowboys, da NFL. Localizado em Arlington, subúrbio de Dallas, Texas (EUA), tem capacidade para 80.000 espectadores, mas quando adaptado pode receber até 111 mil pagantes.


Nome Cowboys Stadium
Características
Local Arlington, TX
Gramado ()
Capacidade 105.121 (futebol americano)
108.873 (basquete)
Construção
Custo US$ 1.3 bilhões
Inauguração
Data 2009

Proprietário Cidade de Arlington
Mandante Dallas Cowboys









A Arena Corinthians, na zona leste da cidade de São Paulo, terá capacidade para 48 mil torcedores. Para sediar a abertura da Copa de 2014 no Brasil, a Fifa prevê 65 mil lugares. Com a exigência, serão adicionados 20 mil assentos removíveis, ficando um total de 68 mil. Os assentos excedentes serão retirados após o encerramento da Copa.

O estádio próprio viabilizará um sonho de longa data do Clube. Odebrecht e Corinthians iniciaram em 2004 os primeiros contatos para a construção e, em 2010, como parte das comemorações do centenário corintiano, foi firmado um primeiro acordo entre as duas partes. Em julho de 2011, o novo estádio ficou orçado em R$ 820 milhões. Neste valor, já estão incluídos os serviços iniciais de terraplenagem e preparação do terreno do futuro estádio, cujas obras estão sendo executadas desde 30 de maio.

O projeto da futura Arena Corinthians, de autoria do arquiteto Anibal Coutinho, prevê que ele tenha instalações para receber 32 Chefes de Estado, representantes dos países que irão disputar a Copa no Brasil. Também haverá estrutura para o trabalho simultâneo de cinco mil jornalistas de todas as partes do mundo.
Notícias da obra
A fábrica de estruturas pré-moldadas de concreto, instalada no canteiro, iniciou a produção das primeiras vigas jacaré. São peças com formato denteado que irão compor os apoios dos degraus das arquibancadas da futura arena. As primeiras vigas jacarés serão posicionadas sobre os blocos da arquibancada inferior do prédio Leste, onde será instalada parte dos assentos principais. São quatro diferentes dimensões de vigas jacaré, que podem variar de 80 centímetros a três metros de altura, e peso entre três e 50 toneladas. A fábrica de pré-moldados, localizada dentro do canteiro de obras do estádio, tem área de 7.500 metros quadrados onde trabalham 45 pessoas durante o primeiro turno e 15 operários no turno da noite, até às 23h20. Com capacidade para produzir cerca de 30 vigas por mês, serão fabricadas, no total, mais de 350 vigas jacaré. A fábrica do canteiro produzirá em torno de 3.000 peças e terá no pico de obras aproximadamente 150 operários.
Localização
Itaquera, bairro da zona leste de São Paulo (SP)
Modelo de Contrato
Contrato privado entre Corinthians e Odebrecht.
Valor
R$ 820 milhões
Início das obras
30 de maio de 2011.
Estágio atual
No momento as obras seguem com cerca de 66% da terraplanagem já realizados, 1.488 estacas cravadas, 290 blocos de concreto executados e 22 pilares instalados. Mais de 15% da obra foi concluída.
Empregos gerados
Durante o pico das obras, serão 2.000. Em novembro de 2011, são 675.



Quem pagará pela construção do estádio?

Uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), a ser constituída para o projeto, tomará o financiamento do BNDES, que por decisão do Governo Federal disponibiliza empréstimos de até R$ 400 milhões para cada cidade que sediar jogos da Copa do Mundo. A SPE utilizará o empréstimo BNDES para custear parte dos investimentos necessários a construção da estádio, sendo que este valor será integralmente repago ao BNDES pela SPE com os recursos gerados pela exploração da estádio, ou seja, a receita futura da Arena Corinthians é quem paga esta conta. A SPE também será a quotista sênior de um Fundo de Investimento Imobiliário que será o titular do estádio e terá o direito a receber os Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento (CID), que são incentivos baseados em um mecanismo criado em 2004 para estimular investimentos na zona leste.
Os recursos provenientes da venda destes certificados a investidores privados custeará outra parcela dos investimentos. As receitas antecipadas do estádio, incluindo aquelas associadas a patrocínios, poderão ser utilizadas para custear parte dos investimentos, caso as outras fontes não sejam suficientes.

Como funcionam os CIDs?

São certificados emitidos pela Prefeitura para estimular investimentos em áreas determinadas da cidade. Os certificados podem ter um valor equivalente a até 60% do investimento total. O investidor que tiver estes certificados em mãos poderá utilizá-los como forma de pagamento de ISS e/ou IPTU no município de São Paulo. No caso da Arena Corinthians, o valor dos CIDs foi limitado a R$ 420 milhões, independente do valor final da construção. Os certificados terão validade de até dez anos.

 Qual o modelo de contrato entre Corinthians e a Odebrecht e quem irá administrar o estádio depois de pronto?

Trata-se de um contrato privado. A administração do estádio será do Corinthians.

A quem pertence o terreno? Ao Corinthians, à Prefeitura ou ao Governo do Estado?

O terreno pertence à Prefeitura Municipal de São Paulo que fez concessão de uso ao Corinthians por 99 anos.

Os dutos da Petrobras terão que ser removidos do terreno do estádio?

Para a conclusão total dos serviços, os dutos deverão se deslocados para uma área lateral do terreno. Porém, na fase atual de obras de movimento de terra, os trabalhos podem ser realizados sem afetar os dutos.

O projeto original já atendia as exigências da Fifa para a abertura da Copa de 2014, ou precisou ser adequado após o anúncio antecipado da CBF e Governos do Estado e Municipal?

O projeto original atendia as especificações da Fifa, mas não previa a participação na Copa de 2014 ou abertura do evento. As ampliações necessárias para que a Arena Corinthians se candidatasse à abertura do mundial foram discutidas posteriormente.

Quais adaptações serão necessárias para adequá-lo à capacidade de 65 mil espectadores?

O estádio terá capacidade para 48 mil lugares. Para sediar a abertura da Copa, a Fifa exige 65 mil. Assim serão adicionados 20 mil assentos removíveis, ficando um total de 68 mil. Os assentos removíveis serão retirados após o encerramento da Copa.

Quando as obras começaram? E quando acabarão?

O prazo de execução é de 33 meses. As obras começaram em 30 de maio de 2011 e serão concluídas em dezembro de 2013.


Que características de sustentabilidade ambiental serão incorporadas ao projeto?

O estádio está sendo construído dentro dos padrões determinados pela Fifa, com soluções e tecnologias que garantirão o uso racional de recursos naturais – economia de água, aproveitamento da água da chuva, diminuição e reciclagem do lixo gerado, sustentabilidade energética, ventilação e iluminação naturais.

 Quais obras de infraestrutura no entorno são necessárias para que a abertura da Copa de 2014 seja realizada na Arena Corinthians?

Não só para possíveis jogos da Copa, mas para a futura operação do estádio, terão que ser feitas melhorias em todos os sistemas de transporte. Já existe uma estação do Metrô de São Paulo, a 500 metros, que precisará de ampliação. Serão necessárias ainda passarelas e alças viárias que interliguem o sistema viário existente e as estações ao novo estádio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário